Dá para ser um Humano Funcional com hobbies?

E viva o desafio de ser um humano funcional e manter os múltiplos hobbies!

Chegou a hora de confessar:

Eu sou incapaz de acompanhar todos os trecos que rolam por aí!

malabaris
Foto cortesia de Gabriel Rojas Hruska

Pronto, falei. E não é por falta de tentar, juro. Eu jogo videogame, leio HQ, livros, assisto anime, jogo RPG e às vezes ainda pinta um

jogo de tabuleiro. Aí junto disso é preciso cumprir as metas de tradução, escrever no blog, preparar a sessão de RPG para terça-feira, namorar, ir cinema, tirar o lixo, não morrer, dormir, completar os contos do “Além do Véu”, continuar escrevendo “Os Cubas” (livro em desenvolvimento) e aperfeiçoar Savoss (projeto completo prestes a ir para Financiamento Coletivo).

 

Poderia sugerir uma fórmula mágica, mas a real é que não dá.  Eu já abandonei o Netflix, e já estou prevendo novos cortes no orçamento temporal de diversos outros hobbies. Eu tenho tempo, mas quero realmente ocupar os slots de tempo com esses itens específicos?

Hobbies são atraentes. Chega o fim do dia (ou o começo!) e tudo o que você quer é se embatatar na cama/sofá e se entregar aos prazeres do entretenimento até o amanhã chegar para repetir a rotina. E, pasmem, é aí que está o segredo!  (mas pera aí, não se embatate ainda)

Quando você vê gente “dando certo” e fazendo “coisas acontecerem”, não acredite no pensamento simplista de que o fulano é um gênio ou tem o dom. Toma essa ficha: DOM não existe. Exceto se você mudar o significado da palavra no dicionário:

Dom; s.m. – capacidade de fazer alguma coisa tantas fucking vezes que acaba se tornando ultra bom no negócio. E este egrégrio dicionário está falando de ANOS de dedicação, às vezes na casa da dezena. Isso é dom cara.

Eu já escrevi sobre isso quando falei sobre inspiração. O que existe é ser filho da puta insistente consigo e trabalhar mesmo quando tudo o que você quer é mergulhar num balde de sorvete estilo Tio Patinhas.

Às vezes penso que ou você consome conteúdos ou produz conteúdos, não dá para fazer os dois. Ou tu fica de um lado ou de outro, pesquise quantos atores vêem os filmes em que atuam. Adivinha só, eles não tem tempo para ver filmes!

O que quero dizer é que trabalhar quando as borboletas cantam para você, o sol está radiante e você finalmente conseguiu dormir oito horas é incrível, mas também acontece uma vez por ano. Para ser eficiente você precisa se mexer quando não ta a fim.

Chame de Produção Embatatada: capacidade de ser eficiente e funcional mesmo quando tudo o que você quer fazer é gastar horas vendo memes, vines e vídeos no youtube que não exigem esforço maior do que deitar esgurmitado na cama.

Essa não é a solução mágica, mas já é um começo. Se conseguir fazer isso por anos a fio quem sabe verá resultado.

Pergunte para mim se eu realmente estava a fim de escrever essa postagem. Ou as outras… ou corrigir o português dos meus textos, ou arrumar o SEO para os robozinhos do google me amarem. Mentira, não pergunte. hahaha


Pronto, agora vamos à outra parte da postagem que não tem nada a ver com a primeira. Na verdade vai na COMPLETA CONTRAMÃO! Mais um para a caixa dos hobbies.

Conheci um jogo de videogame fantástico que anda tomando meu tempo, coisa linda e altamente underdog. Se visitar esse blog por tempo suficiente perceberá que eu adoro os treco underdog que ninguém liga.

Não precisa gostar de games ou ter um videogame para curtir o vídeo que segue. Curta a fantástica Motion Comics que os caras fizeram. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *