Dev 1: Mapa de Savoss

Na data dessa publicação, Savoss está em seu segundo mapa. Mesmo nós não falando quase nada sobre o cenário ele continua evoluindo. Queremos ter certeza de que cada cantinho do mundo tenha seus fãs ou ao menos pessoas interessadas em visitá-lo, caso contrário todo o trabalho é perdido.

Esse é o primeiro mapa digno de ser mostrado (os anteriores eram rabiscos em um papel)

Mapa limpo de Savoss
Mapa limpo de Savoss

Por que o mapa é importante?

Da perspectiva de quem está criando um mundo, o mapa funciona como um quadro de regras. é preciso saber cada elemento geográfico da região que está desenvolvendo e qual impacto ele traz para os habitantes que vivem ali. O mapa ajuda a decidir onde devem haver cidades e pontos interessantes. Quais rotas fazem mais sentido para viajar e quais os locais perigosos.

Da perspectiva do narrador, um mapa sempre enche você de ideias e facilita a criação da sua campanha. Ele nem sempre precisa ser ultra detalhado, que é o caso de Savoss (especialmente porque queremos apresentar um mundo inexplorado) mas todo e qualquer tipo de mapa ajuda.

Saber onde há montanhas, onde está o mar, as florestas da região e outros elementos podem fazer sua mente criativa trabalhar em pról de histórias bem construídas e embasadas geograficamente.

Da perspectiva do jogador, mapas são um dos elementos mais imersivos que existem no RPG. Ter em sua mesa um grupo de jogadores com um mapa físico apontando e traçando rotas é um ótimo adendo para sua campanha.

No nosso caso, embora o mapa seja apresentado, será muito plausível os próprios jogadores irem adicionando cidades, pontos de interesse e rios que achavam que não existiam na composição. Isso acontece porque ninguém mapeou Savoss de verdade, nosso mapa é só uma projeção do que os cartógrafos acham bem mais ou menos como é o continente.

É difícil demais sair mundo a fora rabiscando mapas e mensurando distâncias.

Porque mudaram o mapa?

Antes de tudo, o mapa cru já tinha sido apresentado em uma postagem no grupo Savage Worlds Brasil do facebook, e depois nunca mais.

Ele é basicamente o mesmo, agora com os nomes dos reinos e das maiores urbes de cada região. Se você achou ele bacana deve estar se perguntando porque diabos a gente mudou o mapa?

Acontece que recebemos feedback sobre os reinos e decidimos dar a cada um deles mais peso. Como eu disse pouco atrás, queremos que o narrador e os jogadores tenham motivos interessantes para montar uma campanha em cada uma das regiões de Savoss, caso contrário fracassaremos.

Com essa visão, de dar mais peso (importância) para cada uma das regiões, fizemos um reajuste conceitual no mesmo mapa. Ficou assim:

Novo conceito das regiões de Savoss

 

Um olhar atento vai captar que algumas nações se uniram e formarão apenas uma. Fizemos isso porque unidas as ideias de cada uma delas ficaram mais fortes e interessantes.

Pulamos de 12 para 9 reinos sem perder tecnicamente nada em ambientação. Alguns conteúdos foram retirados do livro básico para deixa-lo mais enxuto e com leitura mais agradável, mas estamos estudando formas de apresentar tudo o que temos depois do lançamento.

Essa nova configuração também cria novos espaços exploráveis, porque Savoss é sobre um mundo perdido que precisa ser resgatado. mais ruínas, mais florestas e mais lares de monstros para ocupar seus agentes (os aventureiros de Savoss).

Eu sei que o mapa não diz muita coisa além de que Savoss ainda existe e está em desenvolvimento (Segundo ano de desenvolvimento), mas espero que tenham gostado de saber um pouquinho do que anda se passado por essas bandas.

Por que vocês nunca falavam de Savoss?

Tínhamos tomado a decisão de manter tudo em “segredo” enquanto não tínhamos o selo Savage Worlds Oficial que só a Retropunk pode fornecer. Ainda não temos esse selo, mas concluímos que não vamos desistir e que esse dia está cada vez mais próximo.

Além disso, já sabemos que Savoss sai de um jeito ou de outro, todo mundo terá acesso ao nosso trabalho, então por que não começar a falar sobre logo certo?

O que vocês acharam?

Agora chegou a sua vez, se você cruzou com essa postagem e achou interessante ou não, por favor, não deixe de contar para a gente na área de comentários. Gostou de conhecer um pouco mais sobre Savoss? Se interessou pelo cenário? Quer ver mais conteúdo como esse? Conte-nos e nos ajude.

Até!

Vitor Tonini

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *